JOGO 23
Entre Amigos ENTRE AMIGOS

2

:

2

PORTO Boêmios

13/08/2016 | 14:00 | Furadinho


O outro lado

Apesar de abrir 2 a 0 e ceder o empate, EA comemorou resultado, devido os problemas de elenco.
Foto: Arquivo

NOTÍCIA | 16/08/2016 | POR: THYAGO PACHECO
Empate em situação adversa é celebrado com "gosto de vitória" pelo EA.

Em que cenário um empate em 2 a 2 pode ser comemorado pelo time que saiu na frente com dois gols e permitiu a igualdade ao adversário? A resposta pode ser dada por qualquer um dos torcedores que estiveram na Arena no último sábado e sentiram o misto de emoções com a atuação do alvi-rubro.

O EA, que vinha de uma sequência de resultados ruins, dava sinais que novamente sofreria com alguns problemas corriqueiros. A grande falta de atletas no elenco tornava difícil imaginar que time entraria em campo pra encarar o Porto. Com um número imenso de desfalques, o EA acabou apelando para as improvisações para definir seus 11 titulares - e um único reserva - que iriam a campo.

Apesar das muitas mudanças, o time conseguiu se comportar bem. Taticamente bem organizado, o time calculava bem as jogadas antes de executar e conseguia impor perigo ao Porto que, por sua vez, apostava nas jogadas em velocidade e explorando o grande número de jogadores disponíveis em seu banco de reservas.

Nessa disputa entre cautela e intensidade, saiu na frente o EA com um belo chute de fora da área de Vinícius. O alvi rubro ainda chegou a ampliar o placar com Renê, em lance de oportunismo dentro da área.

Já na segunda etapa, enquanto o EA buscava uma estratégia para não ser vítima da falta de fôlego, o Porto apostou alto. Fez uma série de substituições e colocou em campo sua formação mais ofensiva. A tentativa surtiu efeito e o time visitante marcou duas vezes ainda nos primeiros minutos e chegou a igualdade.

Com o placar empatado, as duas equipes pisaram no freio e pouco ameaçaram uma a outra. Visivelmente satisfeitas com o empate, conduziram o jogo até o apito final do árbitro. Devido às circunstâncias, os jogadores do EA consideraram o empate um bom resultado.

- É vitória pra nós. Mal tínhamos 11 jogadores para entrar em campo, depois perdemos outro lesionado, e terminamos o jogo com mais dois mancando em campo. Enquanto isso o time deles mexia livremente, pois tinha praticamente outro time no campo. Merecemos comemorar, pois nos superamos! - declarou o zagueiro Patrick.

Buscando a recuperação, o EA irá até o bairro do Itacorubi no próximo sábado encarar o Paula Ramos Jr às 14 horas.



FICHA TÉCNICA