JOGO 27
Entre Amigos entre amigos 3 : 1 bola show Bola Show
02/09/2017 | 14:00 | Furadinho


Põe na conta!
Jogadores comemoram um dos gols que deu a vitória ao EA.
Foto: Thyago Pacheco

NOTÍCIA | 12/09/2017 | POR: THYAGO PACHECO
EA vence e convence em tarde inspirada de Vini.

O EA conquistou no último sábado uma vitória que lhe trouxe muito mais do que meros três pontos. Com uma atuação convincente, o time conseguiu amenizar o clima ruim com a torcida e apagar as lembranças dolorosas da derrota da semana anterior.

Em meio a tantos protagonistas, um teve uma atuação de maior destaque. Fora de jogos importantes no último mês e alvo de reclamações de torcedores, o atacante Vini voltou a fazer aquilo que se espera dele e, com dois gols, foi fundamental na vitória. O terceiro gol do alvirrubro foi marcado por outro jogador contestado: Diego.

A verdade é que todo o time do EA jogou de forma que torna muito difícil acreditar que o time era praticamente o mesmo que, na semana anterior, aceitou facilmente a derrota imposta pelo União Brejaruense. Enfrentando um time que, não seria exagero dizer, até mais qualificado que o da semana anterior, o EA mostrou garra, precisão e principalmente, domínio de jogo. Conhecido como um time que sofre quando precisa jogar recuado, o alvirrubro se sai melhor quando consegue popor o jogo e pressionar o adversário, como aconteceu.

A defesa parece ter aprendido a lição da semana anterior. Sem inventar, Carlinhos e Patrick tiveram atuação impecável, não dando chance alguma aos atacantes adversários. O único gol do Bola Show foi marcado de pênalti, em jogada contestável, aliás.

No meio de campo, novamente destaque para a atuação de Deyvson. Jogando na volância ao lado de Betão, o camisa 8 mostrou o máximo da sua eficácia unindo excelente cobertura dos laterais a uma saída de bola veloz e qualificada. Mais a frente, Diogo foi o responsável pela armação das jogadas e se saiu bem, principalmente no primeiro tempo. Combativo e inquieto, o camisa 20 tenta compensar a questão física, ainda longe da ideal, com vontade e precisão com a bola nos pés. Funcionou.

A vitória, da forma como veio, trouxe tranquilidade e confiança ao time que receberá na próxima semana o Pirajubaé. Ainda sem dar entrevistas, o time treinará durante a semana e ainda não deverá ter o retorno de Lê Cunha, que se recupera de uma pneumonia. Ele se junta a Junior e Willian Abacate no grupo dos desfalques já contabilizados para a comissão técnica.



Jefferson | GOL 8,0
Seguro e confiável. Fez uma ótima defesa em momento crucial do jogo e por pouco não defendeu o pênalti.
Marlon | LAD 7,5
Preciso na marcação e visivelmente mais solto em campo. Precisa recuperar o tempo de bola, pois perdeu duas boas chances no ataque.
Carlinhos | ZAD 9,0
Perfeito. Não deu espaços para bola nas costas e marcou de perto os atacantes adversários.
Patrick | ZAE 9,0
Sólido e eficaz. Consegue mudar o time quando está em campo.
R. Baiano | LAE 7,0
Foi talvez quem destoou um pouco no time. Demorava demais para dar sequência ao jogo e por pouco não foi surpreendido.
Betão | VOL 8,5
Sem inventar e sem se meter em confusão, foi novamente eficiente ao extremo.
Deyvson | VOL 9,0
Correu, xingou, deu tapa, reclamou, defendeu, atacou... imprescindível para a vitória.
Lê Passos | MED 8,5
Jogando um pouco mais a frente, foi novamente sinônimo de perigo para o adversário. Deu dinâmica ao jogo e iniciou a maioria das jogadas de ataque, inclusive a do primeiro gol.
Diogo | MEE 7,5
Apesar de ainda estar longe do ritmo de jogo e forma física ideais, lutou muito pela bola e procurou o jogo.
Vini | ATA 9,5
Inspirado, acertou praticamente tudo que tentou.
Thyago | ATA 7,0
Poderia ter colaborado mais. Correu e tentou dificultar a saída de bola do adversário.
Renê | ATA 7,5
Lutou bastante e teve uma excelente chance, mas mandou na trave.
Diego | ATA 9,5
Jogou de volante, meia e atacante. Brigou, marcou, deu assistência e marcou gol. Novamente mereceu o protagonismo da partida.